Artista:



Etiquetas: Tutto Quello Che Ho Sempre Voluto lyrics , Letras de download, youtube video of Tutto Quello Che Ho Sempre Voluto



Italiano (Original)        
Letras traduzidas disponíveis em: English       Deutsch       中国       日本       Español      

Letra Tutto Quello Che Ho Sempre Voluto

Fermati prova a guardarti intorno
Perché tu sai che il tempo come Moloch
Ingoia quelle immagini tenute sotto il sale della memoria
Prendi il tempo manipolalo come una clessidra giralo
Fino a tornare a quel bambino che correva in mezzo a un prato
Allargando la sua bocca in un sorriso (Felice di essere soltanto una parte di quello scenario)
Oggi invece testa bassa pugni chiusi guarda le tue gambe macinar chilometri
Ingoiare desideri senza un anima (chiusa) dentro un guscio ermetico
Tutto quello che ho sempre voluto è restare seduto immobile
Sull'asse di rotazione della terra guardare il giorno e la notte nascere e morire
Per capire di potere ancora respirare Non è facile capire cosa c'è successo!
E tu sai anche che dell'esistenza rimangono quegli attimi piccoli istanti (per tanti)
Invisibili (sguardi complici) di verità che si incrociano
Poi si perdono nella nebbia dei ricordi dentro sospiri nascosti dietro sorrisi di denti
Sempre più affilati Prova a ricordare quando eri felice di essere soltanto una parte di quello scenario
Oggi invece testa bassa pugni chiusi guarda le tue gambe macinar chilometri
Ingoiare desideri senza un anima (chiusa)dentro un guscio ermetico
Tutto quello che ho sempre voluto e restare seduto immobile
Sull'asse di rotazione della terra guardare il giorno e la notte nascere e morire
Per capire di potere ancora respirare Non è facile capire cosa ci è successo!

Pare de tentar olhar em volta
Porque você sabe que o tempo como Moloch
Engula essas imagens mantidos sob o sal da memória
Leve o tempo como uma ampulheta transformá-lo manipolalo
Até você voltar para aquela criança atravessando um prado
Espalhando os lábios em um sorriso (feliz de ser apenas uma parte desse cenário)
Hoje, porém, de cabeça para baixo punhos ver suas pernas grind km
Quero engolir sem alma (fechado) selado dentro de uma concha
Tudo o que eu sempre quis foi sentar-se imóvel
Eixo de rotação da Terra no dia e de noite assistindo ao nascimento e morte
Para entender o poder ainda respirar não é fácil descobrir o que aconteceu!
E você também sabe que esses momentos são pequenos momentos da vida (para muitos)
Invisible (olha cúmplices) da verdade que se cruzam
Então ele perdeu no nevoeiro das memórias em suspiros dos dentes escondidos atrás de sorrisos
Cada vez mais afiada Tente se lembrar de quando você estava feliz apenas por fazer parte desse cenário
Hoje, porém, de cabeça para baixo punhos ver suas pernas grind km
Quero engolir sem alma (fechado) selado dentro de uma concha
Tudo o que eu sempre quis sentar-se imóvel
Eixo de rotação da Terra no dia e de noite assistindo ao nascimento e morte
Para entender o poder ainda respirar não é fácil descobrir o que aconteceu com a gente!


Comentários





Tutto Quello Che Ho Sempre Voluto Letras de músicas são propriedade dos seus respectivos artistas, escritores e etiquetas. Essas letras são fornecidas apenas para fins eduacational. Por favor, compre a música se você gosta deles.