Letra Azzurro

Imagem da capa da música Azzurro de Adriano Celentano

Artista: ,



Etiquetas: Azzurro lyrics , Letras de download, youtube video of Azzurro



Italiano (Original)        
Letras traduzidas disponíveis em: English       Deutsch       中国       日本       Español      

Letra Azzurro

Cerco l'estate tutto l'anno
e all'improvviso eccola qua.
Lei è partita per le spiagge
e sono solo quassù in città,
sento fischiare sopra i tetti
un aeroplano che se ne va.

Buscando verão o ano todo
e de repente aqui está.
Ela deixou para as praias
e só aqui na cidade,
Eu ouço assobiar sobre os telhados
um plano de folhas.


Azzurro,
il pomeriggio è troppo azzurro
e lungo per me.
Mi accorgo
di non avere più risorse,
senza di te,
e allora
io quasi quasi prendo il treno
e vengo, vengo da te,
ma il treno dei desideri
nei miei pensieri all'incontrario va.

Azul,
À tarde é muito azul
e longo para mim.
Percebo
não ter mais recursos,
sem você,
e, em seguida,
Eu quase apanhar o comboio
e eu estou vindo de você,
mas o trem dos desejos
em minha mente vai.


Sembra quand'ero all'oratorio,
con tanto sole, tanti anni fa.
Quelle domeniche da solo
in un cortile, a passeggiar...
ora mi annoio più di allora,
neanche un prete per chiacchierar...

Parece que quando o oratório,
com muito sol, muitos anos atrás.
Aqueles Domingos
em um pátio, um passeio ...
Estou entediado a maior parte do tempo,
nem mesmo um padre para conversar ...


Azzurro,
il pomeriggio è troppo azzurro
e lungo per me.
Mi accorgo
di non avere più risorse,
senza di te,
e allora
io quasi quasi prendo il treno
e vengo, vengo da te,
ma il treno dei desideri
nei miei pensieri all'incontrario va.

Azul,
À tarde é muito azul
e longo para mim.
Percebo
não ter mais recursos,
sem você,
e, em seguida,
Eu quase apanhar o comboio
e eu estou vindo de você,
mas o trem dos desejos
em minha mente vai.


Cerco un pò d'Africa in giardino,
tra l'oleandro e il baobab,
come facevo da bambino,
ma qui c'è gente, non si può più,
stanno innaffiando le tue rose,
non c'è il leone, chissà dov'è...

Buscando um pouco de África no jardim,
entre a espirradeira ea Baobab
Eu fiz como uma criança,
mas aqui há gente, não pode mais,
é regar suas rosas,
não é o leão, quem sabe onde ...


Azzurro,
il pomeriggio è troppo azzurro
e lungo per me.
Mi accorgo
di non avere più risorse,
senza di te,
e allora
io quasi quasi prendo il treno
e vengo, vengo da te,
ma il treno dei desideri
nei miei pensieri all'incontrario va.


Azul,
À tarde é muito azul
e longo para mim.
Percebo
não ter mais recursos,
sem você,
e, em seguida,
Eu quase apanhar o comboio
e eu estou vindo de você,
mas o trem dos desejos
em minha mente vai.


Comentários




'Azzurro' is an Italian pop song composed by Paolo Conte and Michele Virano. Its most famous version was recorded by Adriano Celentano in 1968.

Conte wrote the song together with Vito Pallavicini especially for Celentano. Together with 'Via con me' and 'Sotto le stelle del Jazz', it is one of his most famous works. It is about love, loneliness and summer in the city.

The song was covered by numerous Italian singers, like Mina, Gianni Morandi and Fiorello. Even the Italian football national team has sung the song on one occasion. German covers were done by Peter Rubin, Dieter Thomas Kuhn, Die Toten Hosen and Peter Alexander.

In Israel, it is a famous song known for its Hebrew version by Arik Einstein 'Amru Lo' (Hebrew: 'They told him...').

It was also turned as a film with the same name.

The song is typical for Conte's way of writing, combining simple melodies with catchy but unusual compositions; here he combines military march music with an everyday story, told in a poetic language full of images. Although typical, it is from Conte's early work with pop songs and not resembling his style later on. He recorded the song himself in 1985, not until having had a 10-year solo career as a singer.



Azzurro Letras de músicas são propriedade dos seus respectivos artistas, escritores e etiquetas. Essas letras são fornecidas apenas para fins eduacational. Por favor, compre a música se você gosta deles.